Draco Volans – Dragões Voadores – #fantasianarealidade

Escrito por Eduardo Gabriel em . Categorias: Blog, Curiosidades

Quem foi que disse que Dragões não existem? Depois do Glaucus Atlanticus – “The Blue Dragon” – agora é a vez desse amável lagarto.

Se um dia existiram dragões no plano material, esse certamente é um descendente dele.

Na verdade ele não voa, usa as asas apenas para planar quando saltam de algum lugar alto. Podem faze-lo tanto em uma situação de risco, quanto para atacar. Duram até os 10 anos e podem chegar aos 20 centímetros. Gostou de mais esse dragão real? Comente e compartilhe! ;)

Sobre os Altares

Escrito por Eduardo Gabriel em . Categorias: Ensinamentos, Magia Nórdica, Matérias

Altar de Dragões

Na espiritualidade somos livres. Podemos cultuar Buda, Odin, Krishna, Jesus, Zeus, Oxalá e assim por diante. As religiões mais voltadas a natureza “permitem” um culto amplo.

No Templus – que não é exatamente uma religião – não somos diferentes. Não temos dogmas, sensos extremos, ou coisa do género. Nossa própria base é entendermos a multiplicidade da “Suprema Força Criadora”. E entendermos, inclusive, que ela se manifesta em diversos pontos do globo através de Deuses, divindades, Heróis – tal como Jesus e Siegfried – e muitas outras figuras simbólicas.

Cada um de nós possui uma essência que é composta por vários desses “pequenos pedaços” do Supremo Criador. E muitas vezes buscamos

Leia o restante...

Glaucus Atlanticus – “The Blue Dragon” – #fantasianarealidade

Escrito por Eduardo Gabriel em . Categorias: Blog, Curiosidades

As vezes buscamos explicações dentro de estudos bem profundos. Nos esquecemos de olhar para a maravilhosa natureza que esta ao nosso redor. Essa pequena lesma-do-mar realmente chama nossa atenção. Parece ter vindo de uma de nossas projecções ou vivências espirituais onde interagimos com seres elementares.

Conhecido também como “The Blue Dragon” (o Dragão Azul), lembra também o formato dos nossos amados dragões. Veja as fotos e maravilhe-se com mais uma das belezas existente no nosso aquático planeta terra.

Uma das características que achei mais interessante é que ele após devorar caravelas – animal parecido com uma água-viva – ele armazena o veneno para o seu próprio uso posterior. Realmente um ser muito interessante que chama a nossa atenção! E você o que achou? Comente e partilhe!