Seres Mitológicos

Escrito por Eduardo Gabriel em . Categorias: Magia Nórdica, Matérias

Uma das vertentes de trabalho que chama maior atenção dentro da Magia Nórdica é a dos Seres-Mitológicos. São seres que estão no inconsciente da humanidade e despertam curiosidade sobre o assunto, que é tratado muitas vezes com descaso por muitas pessoas terem-nos como algo fantasioso.

Na Magia Nórdica não só é revelada a verdade acerca destes magníficos seres, como é aberta a possibilidade de activá-los tanto em nosso benefício como também no de nossos semelhantes.

Mas eis que surge a dúvida: “Qual o diferencial destes seres?”

Leia o restante...

Elfos segundo a Magia Nórdica

Escrito por Eduardo Gabriel em . Categorias: Magia Astrológica, Magias e Rituais, Matérias

Entre os seres, os mais luminosos. Estes são os elfos, seres da fertilidade, representantes da magnitude e da luz.

São seres com grande capacidade intelectual e que possuem um gosto demasiado pela cultura e arte. Os elfos são especialistas e tudo o que fazem sempre é belo e funcional. São senhores da ciência e talvez um dos povos mais inteligentes e desenvolvidos.

Leia o restante...

Dragões Segundo a Magia Nórdica

Escrito por Eduardo Gabriel em . Categorias: Ensinamentos, Magia Nórdica, Magias e Rituais, Matérias

Dragões, seres cultuados em quase todo o mundo, de formas diferentes, nomes diferentes, mas características muito similares. Os dragões na Mitologia Nórdica são vistos como seres negativos, que na verdade são outros seres que se transformaram em dragões, na maioria dos casos, pela cobiça, passando a guardar tesouros. Não só na antiga Mitologia Nórdica, como em outros contos e mitos os dragões são apresentados de forma negativa, fato este que não reflete em nada a realidade espiritual e a grandeza destes seres Divinos por essência.

Leia o restante...

Sobre a Magia Nórdica

Escrito por Eduardo Gabriel em . Categorias: Magia Nórdica, Matérias

Muito se fala e já se falou sobre as Divindades Nórdicas onde diversos autores se inspiraram, como J. R. R. Tolkien, em todas as suas obras, sendo a mais conhecida “O Senhor do Anéis”; Christopher Paolini, em “Eragon”; J.K. Rowling, em “Harry Potter”; Robert E. Howard, em “Conan” e muitos outros.

O facto é que a Mitologia Nórdica é uma grande base de inspiração e quem é espiritualista já pode notar, nas obras dos autores acima nomeados, o teor de espiritualidade nelas encontrado. É indiscutível a inspiração espiritual por detrás das suas obras, mesmo que estes não tenham essas intenções ou sequer tenha um contacto espiritualista directo. Mas o que podemos notar é que, ao entrar neste mundo “fantasioso” de Elfos, Dragões, Deuses e magia, os autores acabam por se tornar um portal e, através deles, muitos conteúdos e conhecimentos espirituais são passados.

Leia o restante...